Consumo dos portugueses recua mais de dez anos

A quebra no rendimento disponível e o aumento do desemprego vão atirar os níveis de consumo da economia para valores de 2000.

A austeridade vai deixar uma factura pesada na capacidade financeira dos portugueses, que cada vez consomem menos.

O Banco de Portugal (BdP) aponta para um diminuição do consumo privado de 3,8% este ano, depois da quebra de 5,6% registada em 2012.

A crise tem obrigado a uma profunda alteração nos padrões de consumo dos portugueses, mas o supervisor frisa que a redução já não se esgota nos bens de consumo duradouros, como os automóveis. Já chega a outro tipo de produtos de consumo diário, como os alimentares.

“A evolução no ano corrente decorre da deterioração das perspectivas de rendimento permanente, num quadro de elevada incerteza e deterioração acentuada das condições do mercado de trabalho, a qual deverá implicar igualmente uma redução do consumo de bens não duradouros e serviços”, pode ler-se no Boletim Económico de Primavera, hoje divulgado.

No próximo ano, mais do mesmo: as despesas das famílias vão continuar em queda, com o consumo a recuar para níveis de há mais de uma década. “A materialização da actual projecção implicaria que o consumo privado total se situasse em 2014 em níveis próximos dos observados em 2000”, conclui o BdP.

Fonte: Económico

Comentários

comentários

2016-04-02T10:51:08+00:0027/03/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Consumo dos portugueses recua mais de dez anos
error: Segurança acima de tudo! ;)