Danone elimina postos de trabalho em Portugal mas fábrica em Castelo Branco escapa

A fábrica portuguesa da empresa francesa não vai ser afectada pelo plano que prevê a eliminação de 900 postos de trabalho na Europa. Contudo, há posições de gestão e administrativas em Lisboa que serão afectadas.

A Danone vai cortar postos de trabalho de gestão e administrativos em Portugal. Contudo, a fábrica em Castelo Branco não faz parte do plano de eliminação de 900 postos de trabalho que a empresa anunciou hoje para toda a Europa.

“Este plano de adaptação não tem qualquer consequência para a fábrica de Castelo Branco que continuará a laborar como até aqui”, indicou a Danone Portugal num esclarecimento enviado depois de contactada pelo Negócios. A fábrica de Castelo Branco emprega, de acordo com o site oficial da companhia, 120 funcionários.

A empresa francesa, que opera com marcas como a Activia ou a Danacol, está ainda presente em Portugal com um escritório em Lisboa. Será no campo administrativo que se vão sentir os efeitos dos cortes. “O impacto na Danone Portugal do anúncio hoje efectuado pelo Grupo Danone será em posições de gestão e administrativas”, indicou a mesma fonte. Não foi avançado um número para os funcionários que serão afectados pela medida.

“A Danone está já accionar um plano de mobilidade interna para reduzir ao máximo o número de pessoas impactadas”, acrescenta a Danone Portugal em comunicado.

A fabricante de produtos lácteos anunciou hoje o corte de 900 postos de trabalho em 26 países da Europa. Além de Portugal, a companhia francesa marca presença em outros 15 países da Europa Ocidental e mais 16 na Europa Central e de Leste.

Vão ser fundidas unidades administrativas de vários países do Velho Continente, sendo que também serão integradas algumas subsidiárias da empresa que actualmente operam separadamente e que têm funções distintas.

O comunicado que deu conta deste plano de redução de custos da Danone foi emitido no mesmo dia em que foi divulgado que as vendas na Europa deslizaram 2,2% em 2012, numa base “like-for-like”, que compara as vendas nas lojas que já existiam no ano anterior. O comportamento negativo compara com uma subida de 12% das vendas na Ásia e de 4,7% no resto do mundo. Ao todo, as vendas da Danone avançaram 5,4% para os 20.869 milhões de euros.

Fonte: Negócios

Comentários

comentários

2016-04-02T10:49:22+00:0019/02/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Danone elimina postos de trabalho em Portugal mas fábrica em Castelo Branco escapa
error: Segurança acima de tudo! ;)