Espanha nacionaliza nove concessionárias

O Ministerio do Fomento espanhol está a negociar a nacionalização de nove concessionárias de auto-estradas.

O Governo espanhol tem já um plano delineado para solucionar o problema das concessionárias de auto-estradas que se encontram em risco de insolvência no país vizinho, avança a edição de hoje do jornal ‘Expansión’.

De acordo com esse plano, a solução passa por uma nacionalização ‘expresso’ (ultra-rápida) que se concretize já durante o mês de Março.

A concessionária em piores condições de sustentabilidade financeira parece ser a Madrid-Toledo, mas o ‘Expansión’ avança com mais oito auto-estradas em Espanha que devem ser abrangidas por este plano de nacionalização.

Segundo o mesmo jornal, a Madrid-Toledo (AP-41), com uma dívida 336,9 milhões de euros, é participada pelo BES – Banco Espírito Santo.

Estas nove concessionárias espanholas de auto-estradas em graves dificuldades financeiras apresentam uma dívida conjunta superior a 3.700 milhões de euros.

Entre os accionistas destas concessões de auto-estradas estão grandes grupos espanhóis como a Abertis, ACS, Sacyr, Globalvia, Cintra (Ferrovial), Acciona, Isolux, Comsa.

Em Portugal, a Brisa revelou esta semana que deixou de ter o controlo da gestão das concessionárias Brisal e Douro Litoral “em face da contínua deterioração das condições de exploração no âmbito daqueles projectos”.

A partir deste momento, os consórcios bancários das respectivas concessões poderão assumir a gestão (‘step-in’) das concessionárias de auto-estradas Brisal e Douro Litoral.

Fonte: Económico

Comentários

comentários

2017-01-01T18:29:37+00:0028/02/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Espanha nacionaliza nove concessionárias
error: Segurança acima de tudo! ;)