Portugal registou mais de 500 milhões de euros em exportações para a Venezuela em 2012

Portugal registou mais de 500 milhões de euros em exportações para a Venezuela em 2012, avançou à Lusa o secretário de Estado da Economia português, sublinhando que foi “o melhor ano de sempre” nas relações bilaterais.

“Ainda não temos os dados das exportações de serviços de dezembro, mas já poderei dizer sem receio de falhar, que ultrapassaremos os 500 milhões de euros de exportações para a Venezuela, o que coloca o mercado da Venezuela como segundo mercado mais importante da América Latina para Portugal, logo a seguir ao Brasil”, disse António Almeida Henriques, em declarações à agência Lusa em Caracas.

António Almeida Henriques iniciou quarta-feira uma visita de cinco dias à Venezuela, durante a qual irá desenvolver contactos e reuniões de trabalho a diferentes níveis, para preparar a próxima reunião da Comissão Mista Bilateral (CMB).

Nas declarações à Lusa, o governante português explicou que o volume das exportações “coloca também a Venezuela como quinto mercado mais importante para Portugal fora da União Europeia, o que reflete bem todo o trabalho de formiga que se tem vindo a fazer no âmbito desta CMB e a forma como as empresas portuguesas têm aproveitado a oportunidade que lhe é dada pela abertura deste mercado”.

Por outro lado, frisou que “houve um crescimento de quase 70 por cento da relação com a Venezuela” e a verdade é que, nos últimos cinco anos, 2012 foi “claramente o ano que mais se destacou face aos anteriores”.

“Efetivamente, ultrapassar os 500 milhões de euros é um bom trabalho e no fundo, fazendo jus àquilo que é a prioridade do governo português, que é promover a exportação dos nossos produtos, neste caso dos nossos bens e dos serviços transacionáveis e fazer com que Portugal ganhe espaço num mercado com grande potencial como é o da Venezuela, onde, para além desta relação da CMB, existe também uma comunidade portuguesa muito significativa”, disse.

Segundo Almeida Henriques, “estes números também não refletem o envolvimento global das empresas portuguesas”.

“No domínio da construção civil, há empresas portuguesas que neste momento estão a fazer o porto de La Guaira (norte de Caracas), 0a fazer um acesso que virá desde o aeroporto até Caracas, para além da construção duma fábrica de papel, que está a ser feita por uma empresa de construção civil portuguesa, para não falar das habitações que estão a ser construídas pelo Grupo Lena”, exemplificou.

 Fonte: Jornal i

Comentários

comentários

2016-04-02T10:49:25+00:0022/02/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Portugal registou mais de 500 milhões de euros em exportações para a Venezuela em 2012
error: Segurança acima de tudo! ;)