A reunião ‘Crescer Juntos – Universo Fornecedores Cimpor’ vai juntar os parceiros de negócio da Cimpor no Brasil e na Argentina para encontrarem fornecedores portugueses nas áreas de peças, materiais, equipamentos e serviços, sendo que no encontro estarão presentes também os directores de compras da Cimpor em oito países, que serão abordados pelas empresas portuguesas com propostas de negócio.

Uma reunião entre empresas sul-americanas e mais de 300 empresários portugueses esta quinta-feira, organizada pela Cimpor e pela AICEP, vai proporcionar mais de mil oportunidades de negócios para as empresas nacionais, disse à Lusa uma fonte da organização.

“Foram identificadas mais de mil oportunidades de negócio em 27 sectores (14 na área de máquinas, peças e equipamentos e 13 na área de serviços), depois de ter sido feito uma correspondência entre as necessidades de compras da Cimpor e dos seus convidados internacionais e as capacidades de oferta das empresas portuguesas inscritas”, disse à Lusa o porta-voz da cimenteira nacional, antecipando a reunião que terá lugar na Fundação Champalimaud e que juntará 13 empresas brasileiras e argentinas e mais de 300 empresas portuguesas.

A reunião ‘Crescer Juntos – Universo Fornecedores Cimpor’ vai juntar os parceiros de negócio da Cimpor no Brasil e na Argentina para encontrarem fornecedores portugueses nas áreas de peças, materiais, equipamentos e serviços, sendo que no encontro estarão presentes também os directores de compras da Cimpor em oito países, que serão abordados pelas empresas portuguesas com propostas de negócio.

O modelo da reunião, que deverá contar com a presença do ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, para além dos embaixadores do Brasil e da Argentina, do presidente da AICEP, Pedro Reis, do CEO da Cimpor, Ricardo Lima, e do chairman da Cimpor, Daniel Proença de Carvalho, permite toda a tarde para contactos bilaterais entre as empresas, reservando a parte da manhã para os discursos institucionais e para uma apresentação das necessidades de compra de cada uma das empresas sul-americanas presentes no evento.

As empresas, cuja facturação conjunta ultrapassa os 8 mil milhões de dólares, são: Colonia (Argentina), Grace (Brasil/Argentina), Magotteaux (Brasil), Magnesita (Brasil), MecBrun (Brasil), Metal Ar (Brasil), Minerar (Argentina), PetroEnergia (Brasil), Primo Tedesco S.A. (Brasil), RodoLatina (Brasil), Suprema (Brasil), Vobeto (Brasil), Zandoná (Brasil).

Fonte: Negócios

Comentários

comentários