Peugeot Citroën anuncia prejuízo histórico de 5000 milhões de euros

A insistente contracção do mercado automóvel europeu levou a prejuízos recorde na PSA Peugeot Citroën, em 2012. No ano anterior, o grupo tinha registado lucros de 588 milhões de euros.

A maior construtora automóvel francesa, PSA Peugeot Citroën, anunciou nesta quarta-feira um prejuízo recorde de 5000 milhões de euros em 2012. A empresa afirma que os resultados negativos se devem à dependência do mercado automóvel europeu, em franca contracção nos últimos anos. A quebra no sector levou a 5,2% de queda nas receitas do grupo, para os 58,4 mil milhões de euros.

Em contraponto com os resultados anunciados nesta quarta-feira, o grupo PSA Peugeot Citroën tinha registado lucros de 588 milhões de euros em 2011, escreve a BBC.

A contracção do sector automóvel contribuiu para o prejuízo de 1009 milhões de euros no sector operacional da empresa. Mas a grande fatia das perdas está nos 4700 milhões de euros de depreciação de activos; valor que já fora avançado na semana passada. Este corte de activos, anunciado inicialmente em 2011 com um valor de 1000 milhões de euros, colocou o encerramento de uma fábrica do grupo na agenda. No entanto, o encerramento desta unidade está suspenso por acção dos sindicatos.

Para além do plano de depreciação de activos, a PSA Peugeot Citroën quer responder à quebra nos mercados com uma operação de corte de 11.200 postos de trabalho dos 91.000 do grupo, só em França. Este corte teve início em 2011 e deve estar concluído até 2014.

Citado pela BBC, o presidente-executivo da PSA Peugeot Citroën anunciou que a ampliação do programa de redução dos activos do grupo está a garantir as “fundações para o regresso”.

Com a apresentação dos valores de depreciação de activos, foi relançado o debate sobre a possibilidade de um resgate financeiro pelo Governo francês.

O ministro francês do Orçamento, Jérôme Cahuzac, afirmou, na semana passada, que a hipótese estava em cima da mesa. Mas, horas mais tarde, esta possibilidade foi rejeitada pelo ministro da Economia e Finanças, Pierre Moscovici.

Fonte: Público

Comentários

comentários

2016-04-02T10:49:19+00:0013/02/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Peugeot Citroën anuncia prejuízo histórico de 5000 milhões de euros
error: Segurança acima de tudo! ;)