Venda de carros novos na Europa regressa a valores de 1990

Grécia lidera a queda das vendas. Portugal aumentou mas ligeiramente e partindo de uma base já de si muito baixa.

As vendas de carros novos na Europa caíram 8,7% em Janeiro, para 885.159 unidades, o valor mais baixo desde que a Associação de Construtores Europeus (ACEA) realiza estatísticas, ou seja, desde 1990.

Segundo dados divulgados nesta terça-feira pela ACEA, Portugal deixou de se o país com a maior queda nas vendas, mantendo-se a Grécia a liderar as descidas, com uma quebra de 34,5%, sendo que em Portugal houve um aumento ligeiro de carros matriculados (0,7%), mas este aumento surge a partir de uma base já de si muito baixa.

Olhando para os cinco maiores mercados, apenas o Reino Unido (+11,5%) cresceu, enquanto que a Alemanha (-8,6%), França (-15,1%), Itália (-17,6%) e Espanha (-9,6%) obtiveram quedas nas vendas.

Em termos absolutos, a Alemanha continua a ser o maior mercado com 192.090 novas matrículas, seguido do Reino Unido, França, Itália e Espanha.

Em termos de marcas, destaque para o grupo Jaguar Land Rover, que obteve um crescimento de 20,6%, contrariando a tendência geral. Além disso, os grupos BMW (6,4%) e Daimler (3,7%), detentora da Mercedes e da Smart, foram também dos únicos a crescer nas vendas a nível europeu, a par da sul coreana Kia (7,7%).

O líder, grupo Volkswagen, viu as suas matrículas novas caírem 8,5%, enquanto que a PSA Peugeot Citroen caiu 16,1% e a Renault 6,1%.

Fonte: Público

Comentários

comentários

2016-04-02T10:49:22+00:0019/02/2013|Categories: Geral|Comentários fechados em Venda de carros novos na Europa regressa a valores de 1990
error: Segurança acima de tudo! ;)